domingo, julho 29, 2007

Aforismos de Paulo Borges...




Avança onde as estradas e o chão terminam.





Nada jamais aconteceu nem pode acontecer. Cada um de nós é o esquecimento absurdo e maravilhoso disso.





Apaga-te. A realidade basta(-se). E não precisa que brilhes para ser evidente.





Pensamos por medo. E agredimos a realidade com o conceito de a haver.





Tudo o que é demasiado exterior pode acabar por nos tornar profundos.

Paulo Borges




Há lugares na net que nos ajudam a caminhar... aconselho vivamente este:

http://www.pauloborges.net/

3 Comments:

Blogger Jardineira aprendiz said...

Sem dúvida! Já tinha passado lá sem olhos de ver. Obrigada!

7:55 da tarde  
Blogger IsaMar said...

irei espreitar.

11:58 da tarde  
Blogger 0.02 said...

Que coincidência, também gosto da Poesia de Paulo Borges. Aqui há uns tempos coloquei num post o seguinte dele:

"iluminados pelo terror
abandonamo-nos às palavras que não saram.

Todos os céus delas sangram
as mais puras
a perpassar na serenidade do coração"

2:17 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home