domingo, outubro 08, 2006

Gaudi e Pessoa...Pessoa e Gaudi...



Nuvens… São como eu, uma passagem desfeita entre o céu e a terra, ao sabor de um impulso invisível, trovejando ou não trovejando, alegrando brancas ou escurecendo negras, ficções do intervalo e do descaminho, longe do ruído da terra e sem ter o silêncio do céu. Nuvens…Continuam passando, continuam sempre passando, passarão sempre continuando, num enrolamento descontínuo de meadas baças, num alongamento difuso de falso céu desfeito.

Bernardo Soares, Livro do Desassossego

3 Comments:

Blogger MiguelGomes said...

E o falso céu desfeito, não é mais que um fragmento...

Obrigado pelo teu comentário no meu blog... Coloquei um link para o teu :)

Fica bem,
Miguel

7:32 da tarde  
Blogger Susana said...

A fotografia é fantástica e escolheste logo Pessoa, de longe o meu preferido.. ;)
Beijinho, grande..

11:18 da tarde  
Blogger Júlia said...

Todos temos, julgo, partes de um "alongamento difuso de falso céu desfeito" e um ir andando de quem tem passos mecânicos, ao sabor de. Todos temos, mas já Pessoa o disse. Não há quase nada que não esteja em Pessoa.

10:06 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home